Totalmente insano, o 918 Spyder se junta ao time de supercarros híbridos, como a LaFerrari e o McLaren P1 e chega no país para reinar. Você se perguntou o por que eu disse reinar? Porque infelizmente não temos nenhuma unidade no Brasil dos outros dois carros da famosa “Santíssima Trindade”. Uma unidade da LaFerrari já chegou a rodar no Brasil durante o período do GP de Interlagos em 2015, inclusive sendo exposta em uma área restrita próxima ao Paddock, mas foi embora no mesmo ano.

Voltando o foco para o 918, temos em nosso país 3 unidades do mais moderno esportivo da marca de Stuttgart. Segundo a Porsche, cada uma delas foi arrematada por cerca de R$ 4 milhões, mas provavelmente o valor foi bem maior que o divulgado (aproximadamente R$ 6 milhões). Não importa se o valor cobrado foi 4 ou 6, porque de qualquer forma eles foram os carros 0km mais caros já vendidos no Brasil até hoje!

A máquina é equipada com bloco um V8 4.6 de 608 cv em combinação com dois motores elétricos. Enquanto um de 156 cv equipa a dianteira do superesportivo, outro de 129 cv fica na traseira, totizando 286 cv. O conjunto é capaz de produzir brutais 887 cv e um torque que pode variar entre 93,51 kgfm a inacreditáveis 130,5 kgfm. Toda essa força é transferida às rodas através do câmbio PDK de dupla embreagem e sete marchas. Na pista, o 918 alcança os 100 km/h em apenas 2,6 segundos e atinge máxima de 345 km/h.

São duas unidades no estado de São Paulo (Prata e Branca) e a outra no estado do Rio Grande do Sul (Amarela).

AMARELA

PRATA

“BRANCO”

Esse foi o veículo que ficou exposto no stand da Porsche no 28º Salão Internacional do Automóvel de São Paulo, no ano de 2014, ao lado de um Porsche 919 Hybrid.

Essa unidade já apareceu em duas cores. Pela primeira vez na cor preto fosco, como no Salão do Automóvel. Ficou por volta de 3 meses dessa forma, e depois apareceu da cara nova: a plotagem foi retirada e a cor original do carro foi revelada.

Fotos: [Diego Beneduzi], [Leandro Kawasaki], [CarangosPB], [Sérgio Filho], [Edison Carvalho]