A Mercedes-Benz apresentou nesta semana o facelift da atual geração da Classe C (W205) no Brasil. O modelo ganhou pequenos retoques no visual, mas suas principais mudanças estão sob o capô, com motores recalibrados e até um powertrain híbrido leve.

O modelo de entrada da linha é o C180, que se divide em duas versões: Avantgarde e Exclusive. Ambas são equipadas com o mesmo motor 1.6 turbo de 156 cv da primeira fase do W205 e diferenciam-se apenas pelo acabamento e elementos estéticos (além do preço, claro). O Avantgarde sai por R$ 188.000 enquanto o Exclusive custa R$ 1.000, chegando aos R$ 189.000.

Logo acima vem a principal novidade, o C200 EQ Boost, a primeira versão híbrida do Classe C no Brasil, que custa R$ 229.000. O powertrain é do tipo “mild-hybrid”, que pode ser traduzido como “híbrido leve”, pois utiliza apenas um pequeno motor de 48 volts auxiliar batizado BSG, substituindo o motor de partida e alternador, e também atuando como gerador. Durante as acelerações o BSG fornece 14 cv e 16,3 kgfm extras, suplementando a entrega de potência enquanto o turbo do motor 1.5 de 183 cv e 28,5 kgfm não atinge sua pressão de trabalho. O sistema, contudo, não substitui a rede de 12 volts, que continua usada para faróis e demais componentes elétricos comuns do carro. Com o câmbio automático de nove marchas e o motor elétrico fornecendo a potência extra o C200 EQ Boost vai de zero a 100 km/h em 7,7 segundo e chega aos 239 km/h.

No topo da linha comportada (porque ainda há os AMG mais acima) está o C300 Sport, equipado com um 2.0 turbo agora com 258 cv em vez dos 245 cv da primeira fase. A versão custa R$ 260.000 e vem equipada com o kit estético AMG.  Todas as versões são equipadas com faróis de LED, ar-condicionado de duas zonas, volante multifuncional, sistema multimídia com Android Auto e Apple CarPlay, sistema de chave presencial, câmera de ré, airbags frontais e de cortina, Isofix e controles de tração e estabilidade.

A versão C200 EQ Boost ganha teto solar e quadro de instrumentos digital, bem como retrovisores anti-ofuscantes. O C300, além destes equipamentos do C200 ainda ganha suspensão esportiva, assistente de estacionamento autônomo, airbag para os joelhos do motorista, sistema de reforço do ronco do motor pelos alto-falantes e rodas de 18 polegadas.

O modelo fará sua estreia ao público no Salão do Automóvel, no início de novembro, e as vendas começam somente no ano que vem.

Fotos: Divulgação